[SÉRIES] The Walking Dead (07x01) | Review

By 23:23:00

Definitivamente ainda não foi possível absorver o que aconteceu no episódio de estreia da nova temporada de The Walking Dead. Tão gigantesca foi a espera por esse dia que não tinha como fugir dos spoilers nas redes sociais, mas mesmo com tantos spoilers e sabendo o que viria a seguir, foi inevitável sentir toda a dor da perda de um personagem tão querido.


Eu já estava esperando que o episódio começasse bem sangrento e de onde parou, mas fui surpreendida pela ótima Direção, que ao fazer com que tudo fluísse com calma acabou nos preparando para o que viria a seguir.

Logo no início Rick aparece ao chão, desolado e prometendo a morte de Negan. Negan, claro, com toda sua confiança, superioridade e prepotência, não se abala e acaba levando Rick em um passeio de trailer. Ao fazer com que Rick fosse em busca do seu machado no meio de uma horda de zumbis, Negan o humilha de todas as formas e lhe leva ao limite, mostrando à Rick, o qual por tanto tempo foi o líder, que agora ele não passa de um servo. Com certeza teria sido muito melhor para o Negan ter matado ele ali, cortando a cabeça do grupo, mas o novo vilão sabe que ganhará muito mais tendo alguém como Rick trabalhando a seu favor. Além de que claro, Negan é sádico e gosta de ver os outros sofrerem, como mostrou durante todo o episódio.

Durante a busca pelo machado, Rick recorda momentos que teve com alguns dos seus amigos, antes das coisas chegarem até onde chegaram, o que trouxe ainda mais tensão à situação e aumentou a curiosidade sobre quem seria a vítima de Negan, ou as vítimas, como descobrimos mais a frente. Então temos a primeira morte, Abraham, essa a qual havia encerrado o episódio da última temporada. E então veio a morte que mais doeu aos fãs da série. Um golpe rápido e inesperado atingiu Glenn, apresentando uma morte ainda mais sangrenta que a de Abraham e muito parecida com a que aconteceu nas HQ's. O sadismo de Negan se mostra mais uma vez e ele acha engraçado que o golpe tenha desfigurado o rosto do asiático. Na verdade, todo o episódio foi pautado nisso: em explorar a personalidade de Negan através do seu sarcasmo, sadismo e sociopatia, que foram externados através dos seus jogos de poder, os quais serviram para explorar o potencial do novo antagonista.


Voltando ao presente e após Rick recuperar o machado, Negan retorna com ele para a parte da floresta onde o grupo está sendo feito de refém, e não satisfeito, buscando que Rick perca todas as esperanças de se sair minimamente vitorioso, ele continua o seu jogo doentio e ordena que Rick corte o braço do próprio filho, ameaçando matar todos do grupo caso não cumpra a ordem. Rick exita e Carl acaba implorando para que o pai termine logo com aquilo. Quando Rick está quase lá, Negan o interrompe, feliz por agora ter a certeza de que Rick fará qualquer coisa que ele ordene. E é ali que Rick é dominado. De uma vez por todas ele entende que não existe possibilidade de enfrentamento.

E assim retornou The Walking Dead, com um episódio de tirar o fôlego e de partir o coração. Com atuações sensacionais, o novo arco empolga e trás um novo frescor à série, que promete tornar a 7ª temporada uma das melhores. Rick e o grupo ainda vão levar bastante tempo pra se reerguer de um golpe tão brutal como o do episódio, e vão precisar de todas as forças, o que provavelmente irá render ótimos episódios e também várias ótimas temporadas. Enquanto isso, por mais que demore, estaremos torcendo para que a promessa de Rick se cumpra.

0 comentários