Esse não é apenas mais um clichê adolescente

By 19:25:00



É fato que todo mundo passa por momentos difíceis na adolescência. E é a partir dessa problemática que Sex Education, série original da Netflix, entra no catálogo com uma boa dose de humor e um toque extra de clichês repaginados. Abordando temas hiper comentados (ou nem tanto), a série traz uma forma nova de representar os problemas adolescentes e uma solução para cada um deles.

Otis Milburn é o protagonista da série. Interpretado por Asa Butterfield, o jovem magricela é o exemplo perfeito de “esquisitão”. Virgem, introvertido e só tem um único amigo. Para piorar, sua mãe, Jean, é uma famosa terapeuta sexual e uma grande responsável pela quase fobia que o jovem tem quando se trata de sexo.

Para um jovem que se sente oprimido por estar cercado de sexo o tempo todo, Otis surpreende como um ótimo ouvinte e solucionador de problemas sexuais alheios. Junto com Maeve, a descolada que finge não ser inteligente, eles montam “A clínica”. Uma espécie de escritório em qualquer lugar vago onde se possa conversar. A divisão dos lucros é meio a meio e os clientes, por mais incrível que pareça, aparecem.


E a partir disso surgem outras histórias importantíssimas de serem contadas. Como a busca incessante de Eric, melhor amigo de Otis e gay assumido, de ser notado pelos demais alunos e de se descobrir. A série também aborda as diversas formas de família, algumas buscando uma perfeição inexistente, outras buscando qualquer coisa.

Temas como aborto, masturbação, vaginismo, homofobia e compartilhamento de fotos íntimas servem como condutores da história. Além de serem uma importante informação para quem assiste. Temáticas como álcool, drogas e sexo sem prevenção, também estão no roteiro, mas de uma forma que não torna a série só “mais uma história de adolescentes problemáticos” ou mais uma repetição de estereótipos.  

Ah, e tem romance, claro! Romance, descobertas, crescimento pessoal, quebra de preconceitos e paradigmas e muito, mas muito sexo! Tudo isso faz da série uma experiência válida e perfeita. Durante os oito episódios, os personagens vão amadurecendo e é fácil se identificar com o que alguns estão vivendo. Uma coisa é clara: se você não passou por algumas das situações apresentadas em Sex Education, não se preocupe, sua hora vai chegar!

0 comentários